Turismo em Paris

Paris é de uma beleza majestosa, caminhar por Paris é como caminhar pela História. E o que não falta na Cidade Luz são atrações turísticas. 
Como nosso tempo era curto, fazer um roteiro incluiu a dolorosa tarefa de escolher o que queríamos conhecer, e abrir mão de um monte de outras coisas... que no final são incentivo para voltarmos mais vezes.. ui que sacrifício!! 

Começamos pela Torre Eiffel, que já mereceu um post só pra ela, caminhamos pelo Campo de Marte até chegar ao belíssimo Carrossel às margens do Rio Sena, em seguida fizemos o tour de barco. Dessa forma demos uma volta na Ilha de Cité, conhecendo o que há em volta. 

Notre Dame

Margens do Sena
No dia seguinte caminhamos em torno do hotel que como eu também já disse aqui, é muito bem localizado. 
Esse dia foi maravilhoso, fomos até a Praça da Concórdia e de lá tivemos a primeira vista do Arco do Triunfo e a Champs-Elysée. Em seguida caminhamos pelos Jardim de Tuileries até chegar ao Louvre, gigantesco e maravilhoso. Decidimos continuar e ir até a ilha de Cité visitar Notre Dame e em seguida caminhamos por Marais, um dos bairros mais  charmosos de Paris. Foi um dos dias em que mais caminhamos, foram 15km de puro encantamento.
Láaaa no fundo o Arco do Triunfo, tá vendo??
Jardins de Tuileries que antecedem o Museu do Louvre
Notre Dame
Marais
No terceiro dia foi só aventura, mesmo antes de ir, decidimos que queríamos andar de bicicleta por Paris. É aí que entra a Vélib uma idéia maravilhosa e deliciosa pra quem está a fim de se aventurar de uma forma bem parisiense. 
A vellib é um projeto muito bacana em que as bicicletas ficam a disposição em pontos estratégicos e utilizando um cartão, que você pode comprar aqui mesmo do Brasil pela internet , você retira sua bicicleta e a devolve onde achar melhor. 
Nosso passeio de bicicleta foi de 3h e uns 8km, bem pouquinho, mas o suficiente pra querer repetir em outra ocasião, quem sabe com um bebê na cestinha?!
Retirando a bicicleta
 
Passeio pela Torre Eiffel
 Vista do Trocadero, a melhor vista da Torre
Finalizamos a tarde na Champs-Elysées, e um jantar diante do Arco do Triunfo

No quarto dia, fomos conhecer Sacre Coeur, que é lindíssima, e um lugar muito gostoso pra sentar e ouvir os músicos que ficam por ali.
 
A tarde fizemos o tour de ônibus, que é altamente recomendável no primeiro dia de qualquer viagem, mas que nesse caso não valeu a pena pois fomos tão afoitos que já tínhamos conhecido todos os lugares por onde o ônibus passou!
 Mais tarde subimos a Torre Eiffel de escadas, sensacional.
No quinto dia fomos a Versailles, um passeio imperdível! Chagamos bem cedo, pra evitar as filas e andamos muuuito pelo castelo, conhecemos muitos se não todos os seus aposentos, salas e salões de festa, e de repente havia um jardim magnífico e gigantesco lá fora. Andamos muito mas não foi o suficiente para conhecê-lo completamente, merece um retorno.
Depois de tudo isso fomos para o Louvre, durante a noite as obras de arte ganham uma iluminação especial. Obviamente não vimos tudo, dizem que se você quiser passar 1 minuto diante de cada obra dentro do Louvre, precisará de 4 meses, então não tínhamos a expectativa de conhecer tudo, certamente voltaremos. 
Carrossel du Louvre
No sexto e último dia encaixamos algumas coisa que ainda queríamos fazer, primeiro um tour pela Galeria Lafaiet, que fica muito perto do Hotel Du Ministère, lá fiz as ultimas comprinhas. E quem pensa que por ser uma galeria vai encontrar coisas baratas está enganado, parece a Macy’s, mas só tem marcas famosas e caras, nada de promoção, mas vale a pena conhecer.
Em seguida fomos para o Jardim de Luxemburgo, que fica em frente ao prédio do Senado, um dos jardins em Paris em que pic nics são permitidos e bem-vindos. Próximo dali fica o Panteon onde encontra-se as cinzas dos “Grands Hommes” que dedicaram suas vidas à causa da liberdade, a exemplo de Voltaire, Marat, Rosseau e Victor Hugo.
Um ultimo passeio pela Champs-Elysées, seguindo pelos belíssimos jardins de Le Noutre.

Paris é inesquecível, mas com certeza é uma cidade pra se visitar sempre que puder.

bjus

2 comentários:

Denise Albuquerque disse...

Rever Paris através do seu olhar, só me deu mais vontade de voltar lá. Quem sabe um dia vamos juntas né, norinha? Bjs

Bruna disse...

Nossa, com certeza sogrinha!!
Rever Paris ao seu lado não pode ser nada mais que perfeito!!

Vamos combinar essa viagem!
bjus